Tag

biológico

Browsing

O prometido é devido. Deixo-vos a minha proposta de jantar vegetariano para a noite de hoje: caldo à Nutrição com Coração (caldo verde com “topping” de cubinhos de nabo e/ou grão-de-bico) servido com fatias de broa com tofu e pimentos.

O que acham? É uma sugestão Bio & Natural do EL Corte Ingles.

Ingredientes (2 pessoas)

1/2 couve flor

1/2 curgete

2 cebolas

3/4 pimento vermelho

2 dentes de alho

2 colheres de sopa de grão-de-bico cozido

1/2 nabo

2 chávenas couve galega cegada

q.b. águaq.b. piri-piri (opcional)

1 folha de louro

1 colher de café de curcuma

1 colher de sopa de azeite

q.b. azeite

2 fatias de broa de milho

4 fatias de tofu


Lavei os legumes e coloquei num tacho a couve flor, a curgete e meia cebola, em pedaços. Cobri com água e levei ao lume até os legumes cozinharem. Passei com a varinha mágica e envolvi a curcuma.

Cortei o pimento em pedaços, a restante cebola (uma e meia) em meias luas e um dente de alho em rodelas finas. Coloquei todos num wok com uma colher de sopa de azeite, uma folha de louro e piri-piri a gosto. Deixei cozinhar até a cebola ficar mole e ganhar cor. Adicionei o tofu e deixei cozinhar mais 10 minutos (virando algumas vezes). Rejeitei a folha de louro e servi por cima da broa.

Descasquei e cortei o nabo em cubos pequenos que cozi a vapor (aproveitando a panela onde cozinhavam os legumes do caldo). Depois tostei-os numa frigideira antiaderente para que ganhassem cor e ficassem crocantes. Servi o caldo com os croutons de nabo, azeite com alho picado, a broa com o tofu de cebolada, grão-de-bico e couve galega cozidos.

Assim, cada um coloca os toppings que mais gosta!

Adoro abóbora, adoro doces com o travo do azeite, adoro trates… Resumindo, gosto de tudo nesta receita bio & natural. O cheirinho, as texturas, o sabor!

Ingredientes (2 unidades pequenas)

150 ml puré de abóbora

q.b. stevia

1 ovo

q.b. canela

35 g farinha de arroz

80 g farinha de atrigo

2 c. sobremesa azeite

1 colher de sobremesa de vinagre

2 colheres de sopa de água

Misturei as farinhas com o azeite, seguido do vinagre e da água (a massa deve ficar maleável, se for necessário, poderá usar um pouco mais de agua ou farinha). Deixei repousar cerca de 10 minutos, estendi-a e forrei com ela uma forma pequena, de aro amovível. Liguei o forno nos 190 graus. Numa taça misturei o puré de abóbora com o ovo e uma colher de café de canela. Adocei a gosto com stevia e coloquei esta massa sobre a base. Levei ao forno, conde cozinhou cerca de 35 minutos (ou até a massa estar cozinhada e o recheio firme.

Deixei arrefecer.

Esta receita pode ser dividida em 2:
– o golden milk pode ser preparado para tomar simples – basta juntar a uma bebida vegetal curcuma, canela e se quiserem outras especiarias a gosto
– a papa ou pudim consegue-se adicionando sementes de chia e reservando algum tempo no frigorífico

É claro que deixo aqui todos os ingredientes Bio & Natural que usei:

200ml bebida de aveia
1 colher de café (rasa) de curcuma
1/2 colher de café de canela (opcional)
2 colheres de sopa de sementes de chia
fruta a gosto para servir

Misturei a bebida vegetal com a crucuma e a canela. Certifiquei-me que as especiarias ficaram bem dissolvidas e juntei as sementes de chia. Mexi bem e deixei repousar pelo menos 3 horas (para garantir que fica com uma consistência cremosa).
Servi com fruta.

Espero que gostem!

Booooooooom dia!

A beleza começa por dentro, com os alimentos que escolhemos, que se transformam em nutrientes, que se transformam nas nossas células… Gostamos de  saudáveis e também bonitas, não é? Hoje proponho-vos mais uma máscara natural, preparada com os melhores dos melhores ingredientes: alimentos Bio & Natural.

 Sem esquecer a alimentação equilibrada, variada e completa, podemos dar uma ajudinha com esta cosmética natural! São incríveis as propriedades de cada alimento e a versatilidade do seu uso, não só alimentar.
Deixo-vos a receita desta MÁSCARA CAPILAR

Ingredientes

4 a 6 colheres de sopa de sementes de linhaça

q.b. água

1 abacate pequeno

2 colheres de sopa de óleo de coco

Modo de Preparação:
Coloquei as sementes de linhaça em água suficiente para as cobrir, durante a noite (ou pelo menos por 8 horas).Bati a linhaça no liquidificador (adicionando um pouco mais de água, se for preciso) até obter um gel / branco e viscoso. Coei esse gel, usando um pano de cozinha limpo (pode utilizar a parte fibrosa que resta do preparado, para preparar esfoliantes ou em receitas). Transformei a polpa do abacate em puré com uma varinha mágica. Adicionei 2 colheres de sopa do gel de linhaça e o óleo de coco.
O que acham?

Enquanto a bebida de soja é feita a partir dos grãos de soja, o “iogurte” de soja é produzido a partir desta bebida, à qual se juntam as bactérias do iogurte “normal”: Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus termophilus. O sabor e textura resultante neste “iogurte” são muito semelhantes ao da bebida que lhe deu origem. A bebida de soja naturalmente, tal como o seu “iogurte”, não contêm praticamente açúcar, mas atenção que pode ser açucaradas/ou aromatizadas – não deve escolher estas versões. Também podem fortificadas em cálcio ou outros nutrientes e estas, na versão não açucarada, podem ter interesse sobretudo para indivíduos com cuidados especiais relativamente aos nutrientes em causa. Por exemplo um vegetariano pode ter vantagem em escolher versões fortificadas com vitamina B12 (presente apenas em alimentos de origem animal). Contas feitas, por 100g, o “iogurte” de soja apresenta muitas vezes mais açúcar e mais calorias do que a bebida de soja. A quantidade e tipo de gordura é semelhante entre ambas e, quando fortificadas, fornecem o mesmo cálcio que o iogurte normal. O restante perfil vitamínico e mineral é semelhante entre ambas.

Podem encontrar estes e outros produtos clicando AQUI, todos Bio & Natural.