Author

Ana Bravo

Browsing

Quem abre o frigorífico com tanta alegria para poupar e evitar o desperdício alimentar?

É comum perdermos a noção das quantidades na cozinha e confecionarmos porções exageradas.

O Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias ensina, desta vez, a reaproveitar os alimentos e inovar nas refeições.

Aprovam?

Podem assistir AQUI ao vídeo completo.

Soja em molho de tomate com 2 acompanhamentos

1 chávena soja granulada

1 c. sopa azeite

1 dente de alho

1 folha de louro

1/2 cebola

1 tomate

1/2 cenoura

1/2 curgete

1 chávena feijão vermelho cozido

q.b. salsa

Preparação
Comecei por mergulhar a soja em água, deixei repousar cerca de 20 minutos e depois escorri muito bem.

Num tacho deitei o azeite, a cebola e o alho picados, o  louro e o tomate em cubos. Depois de cozinhar um pouco em lume brando, adicionei a soja. Cozinhou até ficar a gosto (junte água quente aos poucos, sempre que necessário).

Entretanto, cortei a curgete em tiras finas (zoodles).

Dividi a mistura de sopa em duas parte iguais.

Numa delas envolvi o feijão e salsa picada.

A outra metade servi com a curgete.

Tenho andado assim… Com vontade de colinho de Bravas e comida de aconchego. E quando me sinto assim, sabem o que faço? Peço à Mãe ou à Avó Bravo para prepararem comidinha boa. 
Desta vez serve-se Caldo de bacalhau com cevadinha.
O que vos parece?

Vamos à lista de ingredientes?

1/2 lombo de bacalhau Riberalves

1 🥄 sobremesa de azeite

1 dente de alho

1 chalota

1 folha de louro

1/2 cenoura

1 chávena de brócolos em pedaços

1/3 curgete

3 🥄 sopa de cevadinha cozida

(usei cebolas e alhos porque são essenciais na minha comida de aconchego)

E agora, colher de pau no tacho?

Descongelei o bacalhau, retirei a pele e as espinhas.Levei ao lume o dito tacho, em que deitei o azeite com o alho picado, a folha de louro e a chalota cortada em rodelas finas. Então adicionei a cenoura cortada em rodelas e os brócolos. Juntei água quente e assim que ferveu coloquei a curgete, que também cortei em rodelas. Quando os legumes estavam quase prontos juntei o bacalhau, em pedaços. Depois de cozinhar a gosto, retirei a folha de louro e servi com a cevadinha que já estava cozida.

Receitinha da Mãe Bravo… Umas das minhas favoritas!
Não há como descrever a comida de conforto, que nos faz sentir abrigo, aconchego… Concordam?

Ingredientes (2 pessoas)

6 colheres de sopa de feijão vermelho (já cozido)

q.b. grelos cozidos

3 fatias de broa de milho

3 colheres de sopa de azeite

2 dentes de alho

Preparação

Programei o forno a 190 graus.

Num pirex coloquei o feijão, já cozido. Por cima, dispus grelos previamente cozidos e muito bem escorridos (de modo a tapar o feijão).

Entretanto, fatiei o alho finamente, esfarelei a broa e aqueci o azeite.

Por cima dos grelos, coloquei a broa esfarelada misturada com o alho.

Antes de levar ao forno deitei o azeite quente por cima da broa.

Cozinhou cerca de 15 minutos (ou até a broa dourar).

Já imaginou o que as crianças em todo o mundo comem durante uma semana? O fotógrafo Gregg Segal decidiu viajar pelo mundo para responder a esta pergunta de uma maneira muito criativa, tirando fotos de crianças de várias culturas cercadas pelos alimentos que consomem semanalmente. Durante três anos visitou 9 países: EUA, Índia, Malásia, Alemanha, França, Itália, Senegal, Emirados Árabes Unidos e Brasil.
O que o motivou, além da arte, foi a parte didática e de consciência alimentar: refere que se concentrou nas crianças porque os hábitos alimentares começam com elas e se não forem corrigidos em tenra idade, mais difícil será fazê-lo na idade adulta. 
Fiquei maravilhada com este trabalho e não podia deixar de partilhar convosco!
Vejam as restantes imagens AQUI e mais ainda no seu livro “Daily Bread: What Kids Eat Around the World”

Fotos retiradas de: https://educateinspirechange.org/health/25-kids-from-around-the-world-photographed-with-what-they-eat-in-one-week/

E acordar assim? Cacau e curcuma, dois alimentos incríveis. Uma bebida quentinha, que aconchega até os corações mais frios…
Quem acordou com o coração frio? 
Vamos lá mimar-nos… Se não o fizermos, quem o fará?
Poucos ingredientes, uma bebida que deixa memória para mais manhãs com um despertar assim…

Ingredientes (1 pessoa)

200 ml bebida de aveia (ou leite)

2 colheres de sopa (rasas) de cacau em pó

2 colheres de sopa (rasas) de linhaça triturada

q.b. curcuma

q.b. chocolate +70% cacau

q.b. stevia (opcional, não usei)

Preparação
Levei ao lume, num fervedor a bebida de aveia com o cacau e a linhaça e uma pitada de curcuma, bem dissolvidos. Deixei aquecer bem (sem ferver). Se desejar adoce com stevia. Derreti um pouco de chocolate no micro-ondas e mergulhei a borda da caneca, Deixei solidificar e servi a bebida bem quente, polvilhada com raspas de chocolate e curcuma.

A Nutrição com Coração já tem TikTok! Podem seguir em: http://tiktok.com/@blognutricaocomco

Enquanto a bebida de soja é feita a partir dos grãos de soja, o “iogurte” de soja é produzido a partir desta bebida, à qual se juntam as bactérias do iogurte “normal”: Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus termophilus. O sabor e textura resultante neste “iogurte” são muito semelhantes ao da bebida que lhe deu origem. A bebida de soja naturalmente, tal como o seu “iogurte”, não contêm praticamente açúcar, mas atenção que pode ser açucaradas/ou aromatizadas – não deve escolher estas versões. Também podem fortificadas em cálcio ou outros nutrientes e estas, na versão não açucarada, podem ter interesse sobretudo para indivíduos com cuidados especiais relativamente aos nutrientes em causa. Por exemplo um vegetariano pode ter vantagem em escolher versões fortificadas com vitamina B12 (presente apenas em alimentos de origem animal). Contas feitas, por 100g, o “iogurte” de soja apresenta muitas vezes mais açúcar e mais calorias do que a bebida de soja. A quantidade e tipo de gordura é semelhante entre ambas e, quando fortificadas, fornecem o mesmo cálcio que o iogurte normal. O restante perfil vitamínico e mineral é semelhante entre ambas.

Podem encontrar estes e outros produtos clicando AQUI, todos Bio & Natural.