Category

Alimentação e Nutrição

Category

A menopausa é um estado que atinge todas as mulheres, em diferentes alturas e com sintomas diversos.

Esta semana, no Canal Nutrição com Coração️ do Jornal de Noticias , falamos dos cuidados a ter com a alimentação para uma menopausa mais tranquila.

Sugiro que vejam o vídeo completo no Canal:

https://www.jn.pt/artes/especial/videos/cuidados-com-a-alimentacao-para-uma-menopausa-tranquila-13543923.html

O prometido é devido.
Vamos falar de ALIMENTAÇÃO E SONO.

– Convém que haja um intervalo de pelo menos duas horas entre o jantar e a hora de deitar. Se o intervalo for superior a três horas e meia, pode fazer-se uma pequena ceia antes de ir para a cama.
�- Não devemos ingerir comida ou bebidas que estimulem o sistema nervoso central (café, bebidas alcoólicas, chá verde ou preto, refrigerantes, chocolate, biscoitos e bolachas com recheios, bebidas energéticas, etc.). O corpo ficará desperto e agitado, logo, com menos capacidade de repousar e entrar em sono profundo.

– Não devemos fazer refeições de difícil digestão (ricas em gordura ou molhos condimentados), o que pode prejudicar o sono profundo.

– Não devemos ingerir grandes quantidades de líquidos, o que obriga a interromper o sono. Para quem tem azia ou problemas de digestão, esta recomendação e a anterior são particularmente importantes. Nestes casos, deve deitar-se pelo menos meia hora depois de comer e, inicialmente, com a cabeça mais elevada.

– Não devemos trabalhar imediatamente antes de dormir. O estímulo intelectual pode prejudicar o «sossego mental» necessário para o referido sono profundo. Preocupações excessivas ou stress também podem prejudicar o sono. Se trabalha muito ou anda stressado e com insónias, pratique uma actividade relaxante (como ler um livro) antes de dormir. O stress aumenta os problemas de digestão, pelo que até o melhor jantar ou ceia poderão não ser suficientes para evitar um sono atribulado se o stress for realmente exagerado ou não controlado.
�- Ao jantar devemos optar por uma refeição semelhante ao almoço, mas em quantidade
ligeiramente mais reduzida e/ou com menos temperos ou condimentos.
�- Na ceia (sempre que esta se justifique) devemos escolher alimentos simples e consumi-los em pequena quantidade. Opções interessantes poderão ser amêndoas ou avelãs com pele, se lhe apetecer uma textura crocante,
ou queijo fresco com canela, se tiver vontade de algo diferente, por exemplo.

Bom soninho! 🥱

O jejum surge como uma crescente opção “terapêutica” para a perda de peso mas, apesar de a curto prazo poder oferecer vantagem neste processo, a médio/longo prazo os seus resultados são semelhantes aos de alguém que faz restrição calórica sem jejum associado. Não esqueçamos que os fatores de sucesso para a perda de peso, para além desta restrição, são a capacidade de adesão à dieta instituída e a escolha de alimentos de elevada qualidade (ricos em nutrientes como vitaminas, minerais e fibra). Ou seja, jejuar alguns dias (ou horas) ou restringir a ingestão alimentar diariamente podem ser estratégias eficazes na perda de peso e na prevenção de doenças crónicas.

Mulheres, idosos, crianças ou desportistas tem necessidades nutricionais específicas, pelo que se aconselha cautela adicional na utilização destas estratégias.

Vejam o vídeo completo no Canal Nutrição com Coração️ do Jornal de Noticias – deixo o link:

https://www.jn.pt/artes/especial/videos/jejum-intermitente-uma-opcao-para-emagrecer-explicada-ponto-a-ponto-13362833.html

Olá, gente boa!

No Canal Nutrição com do Jornal de Noticias , esta semana, damos ferramentas para aprender a ler rótulos.

Os rótulos alimentares ajudam a fazer as escolhas mais adequadas às necessidades de cada um, mas há tantas informações obrigatórias que é fácil dispersar…

No Canal, no vídeo completo, podem ver algumas dicas práticas para aprender a ler um rótulo.

É tão simples! Deixo o link:

https://www.jn.pt/artes/especial/videos/ferramentas-para-aprender-a-ler-os-rotulos-dos-alimentos-13223995.html

Querem que deixe mais dicas escritas para vos facilitar no momento das escolhas no supermercado?

Hoje deixamos DICAS PARA REDUZIR A QUANTIDADE DE GORDURA NOS COZINHADOS, no Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias.

A alimentação saudável não se esgota nos cozidos e grelhados. Tome nota de algumas dicas para reduzir a quantidade de gordura em assados ou estufados e tornar as suas confeções mais equilibradas.

Podem ver tuuuuuuuudinho no vídeo completo, deixo o link para ele no story, de qualquer forma podem sempre procurar directamente o canal, até porque tem muuuuuuuuitos temas interessantes.

Procurem por “Nutrição com Coração Jornal de Notícias”.

https://www.jn.pt/artes/especial/videos/dicas-para-regular-a-quantidade-de-gordura-nos-cozinhados-13195193.html

Bom dia! 

Vamos falar de PROBIÓTICOS?

As bactérias fazem parte da nossa microbiota, o conjunto de organismos que se distribui pelo nosso corpo, sobretudo no intestino – aquela a que costumamos chamar “flora intestinal”. De facto as bactérias presentes no intestino desempenham funções metabólicas muito importantes, como produção de vitaminas do complexo B e vitamina K e ainda de  ácidos gordos de cadeia curta – estes servem de alimento às células da parede do intestino.  Além disso interagem com o sistema imunitário.

São mesmo importantes!

Muitas vezes, sobretudo na consulta, perguntam-me qual q diferença entre probiótico e probiótico. Passo a explicar: prebióticos são substâncias que servem de alimento às bactérias do nosso intestino, probióticos são produtos constituídos por bactérias benéficas, que ajudam a restabelecer o equilíbrio da flora intestinal. Este equilíbrio pode ser afectado por vários factores, entre eles a má alimentação, o stress, a toma de antibióticos, anti-inflamatórios…

Se acharem bem, posso dedicar um post apenas aos prebióticos, este é sobre PROBIÓTICOS.

Nos próximos dias falarei mais sobre eles, por enquanto podem saber mais vendo o vídeo completo no Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias – deixo o link:

https://www.jn.pt/artes/especial/videos/probioticos-as-bacterias-boas-que-fortalecem-o-sistema-imunitario-13046413.html

Deixem as vossas dúvidas e tenham um dia muito feliz! Fiquem em casa e aproveitem para cuidar do vosso coração.