Category

Snacks

Category

Fim-de-semana em família Bravo tem novidades na Cozinha com Coração!

O que acham destes WAFFLES DE PIMENTOS?

Ingredientes (2 pessoas)
🧇 1 pimento vermelho
🧇 1 pimento verde
🧇 1/2 cebola
🧇 1 🥄 de sopa de linhaça triturada
🧇 8 🥄 de sopa de água
🧇 100ml de bebida vegetal
🧇 8 🥄 de sopa de farinha espelta
🧇 1 🥄 de café de fermento
🧇 1/2 🥄 de café de curcuma
🧇 1 🥄 de café de alho em pó

Lavei os pimentos, embrulhei-os em papel vegetal e levei-os ao forno, a 180 graus cerca de 40 minutos (ou até estarem assados).
Hidratei a linhaça na água por quinze minutos.
Deixei arrefecer, tirei a pele e as sementes e cortei cerca de 3/4 de cada um em cubos, reservando o restante.
Entretanto bati a linhaça hidratada com a bebida vegetal, a curcuma e o alho em pó. Misturei a farinha e o fermento e envolvi a cebola picada.
Aqueci a máquina de fazer waffles de acordo com as instruções. (Se não tiver, pode cozinhar porções da massa, de ambos os lados, numa frigideira antiaderente.)
Dividi a massa em duas porções iguais: numa delas envolvi o pimento verde e na outra, o pimento vermelho.
Cozinhei os waffles, que servi com o restante pimento.


Booooooooom diiiiiiiiiiia!

Para os dias ensolarados e quentinhos que aí vêm, eu e a Luisinha deixamos esta sugestão: gomas sem corantes artificiais, sem açúcar adicionado e que se preparam rapidamente. É bem mais divertido com a ajuda dos mais pequenos. As opções são imensas! Preparámos 3 para servirem de inspiração. Enquanto foram para o frio, demos uns mergulhos e terminámos o vídeo na piscina.

Ah, vida boa!

Gomas coloridas (30 a 40 unidades)
Verdes

2g agar-agar

100ml água

1 colher de chá de matcha

q.b. stevia


Dissolvi o pó de matcha na água, adocei a gosto com stevia e levei ao lume. Depois de ferver cerca de 3 minutos, transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.


Cor de laranja

2g agar-agar

100 ml sumo de laranja

Dissolvi o agar-agar no sumo de laranja. Levei ao lume e deixei ferver cerca de 3 minutos. Transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.


Vermelho

2g agar-agar

100ml puré de morango

20ml água


Misturei todos os ingredientes, levei ao lume e deixei ferver cerca de3 minutos. Transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.

Bom dia, olhinhos brilhantes!

Tenho andado com vontade de comer algo muito crocante. É verdade que as Bravas e Bravinhas (crackers da minha linha) funcionam, mas confesso que tinha vontade de comer algo diferente. Se vos confessar que estive para mandar vir batatas fritas, entenderão…

Foi então que falei com o meu querido Diogo, que me deu esta sugestão: NACHOS SEM GLÚTEN. O Diogo contou-me que adaptou uma receita de tostinhas que já faziam antes em sua casa e decidiu experimentar com farinha sem glúten.

Deixo-vos a sua receita destes “nachos”:

-8 ? de sopa de farinha de milho
-4 colheres de sopa de farinha de linhaça
-8 ? de sopa de água fria
-5 ? de sopa de azeite
-1 colher de chá de curcuma (opcional)
– 1 ? de sobremesa de sementes de girassol(opcional)
-1 ? de chá de tomilho (opcional)

Podemos escolher, para juntar à massa, os temperos e sementes de que mais gostarmos! O Diogo já fez com  manjericão, com sementes de chia, com alho em pó ou até piri piri, para um snack diferente.

Juntou todos os ingredientes num processador e misturou até ficar uma massa homogénea. Também podemos ligar todos os ingredientes num recipiente, até obtermos a massa.
Dividiu a massa em 5 partes, formou bolinhas e esticou cada uma com o rolo da massa e colocou num tabuleiro forrado com papel vegetal. Esticou a massa com o rolo, até ficar com uma camada muito fina, que cortou em rectângulos, com uma faca.

Levou o tabuleiro ao forno, a 200°c,  8 minutos, até a massa ficar cozida. Convém ir vigiando, porque a massa é muito fina, e não pode cozer demais.
Ao retirar, deixei arrefecer até ficarem crocantes. Repeti o processo todo até cozer as tostinhas todas com a massa que preparei.

O que acham?

Devem guardar-se numa caixa hermética para se manterem crocantes.
“São incríveis! Como-as ao pequeno  almoço, ou snacks! Ficam bem com tudo! Substituem as bolachas de milho que costumo comer. Adoro com Guacamole, tomate, ovos mexidos, mas já experimentei com muitas outras combinações.
A única coisa difícil e menos boa da receita, é mesmo conseguir que as tostas durem mais que 3 dias! Cá em casa, é quase impossível!”, confessa o Diogo.

Este bolo salgado, de legumes, prepara-se no micro-ondas rapidamente e é ideal para quando chega aquela vontade de comer qualquer coisa e não se sabe bem o quê.

O Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias, sugere que aproveite qualquer hortícola que tenha em casa (até pode já estar cozinhado).

Veja AQUI o vídeo completo.

Ingredientes (1 pessoa)

2+1/2 colheres de sopa de farinha arroz(rasas)
1 colher de café de fermento
1 ovo
q.b. temperos a gosto
1 colher de sobremesa de queijo magro ralado
q.b. tomate cereja
3 a 4 colheres de sopa de legumes a gosto (em pedaços)

Bati o ovo (pode temperar a gosto), envolvi a farinha, o fermento e, por fim os legumes.
Por cima, o queijo. Levei ao micro-ondas, na potência máxima entre 2 e 4 minutos (retire de minuto a minuto para confirmar se está pronto, fazendo o teste do palito).

Bom dia, amores de coco!

Hoje deixo-vos a receita de bolinhos com o aroma deste fruto, que foi publicada na revista da Associação Portuguesa de Celíacos (APC).

Além do coco, tem curcuma, amido de milho, óleo de coco (já sabem que prefiro azeite, mas nesta receita fazia sentido) e – imaginem! – água de cozer grão-de-bico ou feijão.

Já agora, deixo a dica para quem sente distensão abdominal habitual após ingerir leguminosas: juntem um pouco de alga kombu à água enquanto cozem.

Revista nº 55/2020

Bom, voltemos à receita: claro que está neste cantinho de receitas da melhor comida saudável e feliz.

Ingredientes(10 a 12 unidades)

1 chávena* de coco ralado

3/4 chávena* de amido de milho

1 colher de sopa de óleo de coco

2 colheres de café de curcuma (ou a gosto)

8 colheres de sopa de água de cozer grão-de-bico (ou feijão)

q.b. stevia

*(a chávena usada era de 220ml)

Programei o forno a 220 graus.

Misturei todos os ingredientes (adoçando a gosto com stevia). A massa deve ficar maleável, se for necessário pode adicionar mais água de cozer grão-de-bico ou mais amido de milho.

Formei bolinhos que cozeram cerca de 12 minutos, num tabuleiro forrado com papel vegetal.

Hoje, no Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias, eu e a minha mãe vamos ensinar a preparar um húmus cor de rosa, que além de ter uma cor maravilhosa, sabe lindamente!

Pode assistir AQUI ao vídeo completo.

Ingredientes

125g grão-de-bico cozido
50g beterraba cozida
1 dente de alho
1 colher de sopa de sementes de sésamo
1 colher de sopa de sumo de limão
1 colher de sopa de azeite
q.b. água (para ajustar a consistência, se necessário)

Processei todos os ingredientes. Acertei a consistência adicionando água aos poucos.
Servi com bravas e bravinhas mas também pode saborear com palitos de legumes.