Category

Snacks

Category

O Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias, apresenta-vos as opções mais saudáveis para o regresso às aulas e ao trabalho.

Assista AQUI ao vídeo completo.

Queques de maçã e aveia (10 a 12 unidades)

2 maçãs madura

1+1/2 chávena flocos de aveia

1 ovo

120ml bebida de aveia

q.b. canela

q.b. miolo noz picado

q.b. stevia (se necessário)

Ralei as maçãs e misturei-as com o ovo, a canela e a bebida de aveia. Envolvi os flocos de aveia e deixei repousar 10 minutos. (Se necessário, adoçar com stevia).

Programei o forno a 180 graus. Distribui a massa por formas, polvilhei com miolo de noz picado e levei ao forno 25 a 30 minutos.

Bom dia, alegria! 

Querem uma receita nova, divertida e mágica?

O que tenho nas mãos são gomas saudáveis! Aqui fica a receita que preparei para o Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias. Para assistirem ao vídeo completo, cliquem AQUI.

Gomas de fruta

200ml puré de manga madura

q.b. hortelã

200ml puré melancia

200ml água

q.b. manjericão

4g agar-agar


Transformei a fruta em puré, separadamente, colocando algumas ervas frescas a gosto. (Pode coar os purés.)

Levei ao lume, separadamente, adicionando 100ml de água com 2g de agar-agar dissolvido a cada um dos purés.

Deixei ferver cerca de 2 minutos, distribui por formas de silicone e deixei solidificar levando ao frigorífico. Demora cerca de 1 hora.

Devemos fazer boas opções para snacks e merendas, procurando alimentos que promovam um bem estar gastrointestinal. Assim, alimentos sem adição de açúcar, gorduras saturadas e na generalidade mais ricos em fibra, vitaminas e minerais serão as melhores opções.

Hoje a Cozinha com Coração entrou em directo do feed da revista Activa para falar de bem estar digestivo e sugerir 3 receitas com alimentos bons. Preparei uma delas em directo, com aveia, fruta, canela e Activia sem adição de açúcar. Esta é uma merenda que adoro e tanto pode ser ingerida bem fresca como morna.

Se deslizarem a galeria da esquerda para a direita poderão ver todas, além da que preparei em directo, também os que queques de iogurte e as panquecas de iogurte com o meu “mix panquecas”.

Deixo-vos as receitas escritas aqui no Blog Nutrição com Coração.

Probióticos como o iogurte e prebióticos como uma série de alimentos que fazem parte da Dieta Mediterrânica não são esquecidos.

Neste regresso à rotina, seja de trabalho ou escolar todas as ajudas são bem-vindas! Sugerimos que sigam os conselhos e façam as melhores opções pata o vosso organismo sorrir.

Pera com iogurte (1 pessoa)

1 pera madura

1 iogurte ACTIVIA

1/2 laranja

1 pau de canela

1 colher de sopa de flocos de aveia

q.b. canela

Lavei e cortei a pera em pequenos cubos. Levei-os ao lume com o sumo de laranja, o pau de canela e a aveia. Deixei cozinhar a gosto. Pode usar também as raspas da laranja.

Servi com um iogurte ACTIVIA a gosto e canela em pó.

Panquecas de iogurte (6 unidades)

2 Iogurtes Activia
2 colheres de sopa de linhaça triturada
8 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de fermento
1 chávena mix panquecas
1/2 chávena farinha de aveia

Hidratei a linhaça na água, pelo menos 20 minutos.
Envolvi todos os ingredientes, deixando o fermento para o final.
Cozinhei porções da massa numa frigideira antiaderente já quente.

Servi com mais iogurte e puré de frutos vermelhos.

Muffins de iogurte (12 unidades)

1 iogurte Activia
250g farinha de aveia
1 colher de chá de fermento
2 ovos
sumo de 1/2 laranja
Qb raspa de laranja

Programei o forno a 180 graus.
Bati ligeiramente os ovos. Juntei o iogurte, sumo e raspa de laranja. Envolvi a farinha e o fermento.
Distribui a massa por forminhas e levei ao forno cerca de 25 minutos ( basta fazer o teste do palito).

Fim-de-semana em família Bravo tem novidades na Cozinha com Coração!

O que acham destes WAFFLES DE PIMENTOS?

Ingredientes (2 pessoas)
🧇 1 pimento vermelho
🧇 1 pimento verde
🧇 1/2 cebola
🧇 1 🥄 de sopa de linhaça triturada
🧇 8 🥄 de sopa de água
🧇 100ml de bebida vegetal
🧇 8 🥄 de sopa de farinha espelta
🧇 1 🥄 de café de fermento
🧇 1/2 🥄 de café de curcuma
🧇 1 🥄 de café de alho em pó

Lavei os pimentos, embrulhei-os em papel vegetal e levei-os ao forno, a 180 graus cerca de 40 minutos (ou até estarem assados).
Hidratei a linhaça na água por quinze minutos.
Deixei arrefecer, tirei a pele e as sementes e cortei cerca de 3/4 de cada um em cubos, reservando o restante.
Entretanto bati a linhaça hidratada com a bebida vegetal, a curcuma e o alho em pó. Misturei a farinha e o fermento e envolvi a cebola picada.
Aqueci a máquina de fazer waffles de acordo com as instruções. (Se não tiver, pode cozinhar porções da massa, de ambos os lados, numa frigideira antiaderente.)
Dividi a massa em duas porções iguais: numa delas envolvi o pimento verde e na outra, o pimento vermelho.
Cozinhei os waffles, que servi com o restante pimento.


Booooooooom diiiiiiiiiiia!

Para os dias ensolarados e quentinhos que aí vêm, eu e a Luisinha deixamos esta sugestão: gomas sem corantes artificiais, sem açúcar adicionado e que se preparam rapidamente. É bem mais divertido com a ajuda dos mais pequenos. As opções são imensas! Preparámos 3 para servirem de inspiração. Enquanto foram para o frio, demos uns mergulhos e terminámos o vídeo na piscina.

Ah, vida boa!

Gomas coloridas (30 a 40 unidades)
Verdes

2g agar-agar

100ml água

1 colher de chá de matcha

q.b. stevia


Dissolvi o pó de matcha na água, adocei a gosto com stevia e levei ao lume. Depois de ferver cerca de 3 minutos, transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.


Cor de laranja

2g agar-agar

100 ml sumo de laranja

Dissolvi o agar-agar no sumo de laranja. Levei ao lume e deixei ferver cerca de 3 minutos. Transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.


Vermelho

2g agar-agar

100ml puré de morango

20ml água


Misturei todos os ingredientes, levei ao lume e deixei ferver cerca de3 minutos. Transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.

Bom dia, olhinhos brilhantes!

Tenho andado com vontade de comer algo muito crocante. É verdade que as Bravas e Bravinhas (crackers da minha linha) funcionam, mas confesso que tinha vontade de comer algo diferente. Se vos confessar que estive para mandar vir batatas fritas, entenderão…

Foi então que falei com o meu querido Diogo, que me deu esta sugestão: NACHOS SEM GLÚTEN. O Diogo contou-me que adaptou uma receita de tostinhas que já faziam antes em sua casa e decidiu experimentar com farinha sem glúten.

Deixo-vos a sua receita destes “nachos”:

-8 ? de sopa de farinha de milho
-4 colheres de sopa de farinha de linhaça
-8 ? de sopa de água fria
-5 ? de sopa de azeite
-1 colher de chá de curcuma (opcional)
– 1 ? de sobremesa de sementes de girassol(opcional)
-1 ? de chá de tomilho (opcional)

Podemos escolher, para juntar à massa, os temperos e sementes de que mais gostarmos! O Diogo já fez com  manjericão, com sementes de chia, com alho em pó ou até piri piri, para um snack diferente.

Juntou todos os ingredientes num processador e misturou até ficar uma massa homogénea. Também podemos ligar todos os ingredientes num recipiente, até obtermos a massa.
Dividiu a massa em 5 partes, formou bolinhas e esticou cada uma com o rolo da massa e colocou num tabuleiro forrado com papel vegetal. Esticou a massa com o rolo, até ficar com uma camada muito fina, que cortou em rectângulos, com uma faca.

Levou o tabuleiro ao forno, a 200°c,  8 minutos, até a massa ficar cozida. Convém ir vigiando, porque a massa é muito fina, e não pode cozer demais.
Ao retirar, deixei arrefecer até ficarem crocantes. Repeti o processo todo até cozer as tostinhas todas com a massa que preparei.

O que acham?

Devem guardar-se numa caixa hermética para se manterem crocantes.
“São incríveis! Como-as ao pequeno  almoço, ou snacks! Ficam bem com tudo! Substituem as bolachas de milho que costumo comer. Adoro com Guacamole, tomate, ovos mexidos, mas já experimentei com muitas outras combinações.
A única coisa difícil e menos boa da receita, é mesmo conseguir que as tostas durem mais que 3 dias! Cá em casa, é quase impossível!”, confessa o Diogo.