Li este artigo (para ver na íntegra, clique na imagem) e não resisti em partilhar… Um anúncio criado por uma cadeia de supermercados alemã, conhecida pelas suas campanhas publicitárias  criativas, está a ser criticado pela sua falta de sensibilidade. O objectivo desta campanha é alertar para a mudança de hábitos alimentares como forma de combate ao excesso de peso. Uma boa intenção, que acabou por gerar o efeito oposto e desencadear revolta.

Digam-me, de que lado ficam?

Ana Bravo
Author

Nutricionista: amante do tipo de cozinha que procura aliar saúde aos melhores sabores; Mulher: apaixonada pela verdadeira beleza das coisas mais simples; Objectivo: ser feliz na medida do possível, gostar de mim todos os dias e ajudar quem me segue, nesse mesmo caminho.

2 Comments

  1. Avatar

    Não entendo o porquê de tanta revolta. O facto é que quando as crianças que estão num meio onde só se comem porcarias evidentemente vão seguir esse exemplo. A publicidade só pretende alertar que ao ter conhecimento de uma alimentação saudável (apesar de se viver num meio em que o mesmo não é incentivado) que há sempre a possibilidade de alterar a nossa condição física e de fazermos coisas que ate então não se faria pelo excesso de peso. ” Tu és aquilo que comes”

  2. Avatar

    Percebo a intenção mas acho que a ideia foi mal executada. A mensagem que passa é que as pessoas magras podem fazer mais que as pessoas gordas, que para atingires os teus objetivos tens que ser magro. Reduziram as pessoas gordas às suas limitações e estereótipos, o que alimenta preconceitos. Acho que uma pessoa com excesso de peso mais depressa se sente envergonhada do que motivada ou inspirada, após visualização deste vídeo.

Write A Comment