Tag

creme

Browsing

Olá meus amores!

Sirvo-vos esta sopa aveludada, cheia de vitaminas, minerais, fibra e proteína, também para vos alertar para o seguinte: devem usar azeite apenas no vosso prato, em cru e não adicioná-lo durante a preparação da sopa. E com este propósito, quer para completar a refeição com a melhor gordura, quer para satisfazer o nosso prazer sensorial, não há melhor que o Aza Azeites Vitae. Tem um teor de antioxidantes muito superior a qualquer outro, nível mundial e é nosso, português! O consumo diário de 20 gr deste azeite, reduz a oxidação do LDL (Mau Colesterol), ou seja, reduz de forma significativa a deposição de gorduras nas nossas artérias, protegendo o nosso sistema circulatório e reduzindo assim o risco de doenças do foro cardiovascular. É produzido através de um processo patenteado, exclusivamente mecânico, e resulta da colaboração da Azal Azeites com a empresa Zeyton Nutraceuticals. É único no mundo!

Não previa fazer um post tão longo, mas de facto este produto merece que tudo seja descrito.

Se quiserem mais informações sobre este produto veja os contactos AQUI .

Ingredientes (1 pessoa)

1 chávena de couve-flor em pedaços

1 chávena de abóbora em cubos

1/2 cebola

2 colheres de sopa de grão-de-bico cozido

2 colheres de chá de azeite Azal Vitae

q.b. orégãos

q.b. noz moscada

q.b. curcuma

q.b. salsa picada (ou outra erva a gosto)

Num tacho levei ao lume a couve flor, a abóbora e a cebola. Depois de cozinhar, escorri (mas reservei alguma da água). Transformei em puré e acertei a consistência com a água reservada.

Entretanto, programei o forno nos 190 graus.

Numa taça misturei o grão-de-bico com 1 colher de chá de azeite, os orégãos, a noz moscada e a curcuma. Levei ao forno num tabuleiro forrado com papel vegetal, cerca de 15 minutos (ou até o grão tostar e ficar crocante).

Servi o creme de couve-flor com o grão, o restante azeite e salsa picada.

ResponderEncaminhar

Nesta altura já só apetece comidinha da terra, sem embalagem, aquela que se descasca em vez de se desembrulhar, não é? Aliás, a Mãe Natureza cria as embalagens mais perfeitas, a fruta e os legumes são tão bonitos!
Deixo-vos uma receita simples, que hoje fez as delícias das Bravas: sopa de batata doce e couve flor.

Ingredientes (1 pessoa)

-1/4 cebola

– 1/2 batata doce

– 1 taça de couve flor em pedaços 

– qb pepino

– qb rabanetes

– qb sementes de cânhamo 


Num tacho coloquei a batata doce, a couve flor e a cebola em pedaços, cobri com (pouca ) água, deixei cozer e então passei com a varinha mágica. 
Os olhos também comem e também por isso, a antes de servir, coloquei sobre o creme pepino, rabanete e sementes de cânhamo.

E que tal este creme aveludado que tem as melhores vitaminas, minerais e fibra da batata doce conjugada com couve-flor, cebola, pepino e rabanete? Tudo isto misturado com o ingrediente principal – o amor! – e no final aquele toque requintado e proteico das sementes cânhamo. Hmmmmm…

Podem encontrar todos os ingredientes desta receita clicando AQUI.

Ingredientes (1 pessoa)

-1/4 cebola
– 1/2 batata doce
– 1 taça de couve flor em pedaços
– qb pepino
– qb rabanetes
– qb sementes de cânhamo
Preparação
Num tacho coloquei a batata doce,  a couve flor e a cebola em pedaços, cobri com água, cozi e passei com a varinha mágica.
Por cima coloquei pepino, rabanete e sementes de cânhamo.

Ingredientes (1 pessoa)

1 cenoura

1 chuchu

q.b. gengibre

Preparação
Piquei um pouco de gengibre, a gosto. Coloquei num tacho juntamente com a cenoura ralada  e o chuchu cortado em pequenos pedaços (depois de bem lavado e descascado). Passei com a varinha mágica, ajustando a consistência com a água de cozedura.

Ingredientes (1 pessoa)

1 maçã

1 chuchu

q.b. hortelã

Preparação
Lavei muito bem o chuchu e a maçã. Descasquei-os e cortei-os em pedaços. Coloquei-os num tacho e levei ao lume, com um pouco de água, até o chuchu cozinhar (se for necessário, vá adicionando um pouco mais de água). Transformei em puré e servi com hortelã fresca.