Tag

Riberalves

Browsing

Não sei o que acham mas eu adoro colorir o Inverno! Este podia ser um Brás de bacalhau normal, em tons pastel (sem fritos, claro!), mas não é. Há aqui um jogo de cores que faz com que alimentos tão ricos como o tomate e a couve-roxa se juntem a um peixe que é tão nosso e tão nutritivo. Proteína, muito pouca gordura, selénio, fósforo, vitaminas B12, B6 e D… Um mundo de cor, sabor, nutrientes e aconchego para uma refeição feliz!

Ingredientes (1 pessoa)

1 ovo

100 g lombo de bacalhau Riberalves desfiado

1/2 cebola

1 dente de alho

1 colher sobremesa azeite

q.b. salsa picada

q.b. noz moscada

1/4 couve roxa

q.b. tomate mini

Preparação

Comecei por lavar bem a couve e cortá-la em juliana. Piquei o alho e a cebola. Num tacho coloquei o azeite, o alho e a cebola. Cozinhei, em lume brando e assim que a cebola ficou translúcida adicionei o bacalhau e a noz moscada. Tapei e deixei cozinhar cerca de 5 minutos. Juntei a couve e deixei cozinhar a gosto. Bati o ovo com a salsa picada e envolvi no preparado anterior.

Servi polvilhado com mais salsa e com tomate mini.

Desta vez conjuguei a couve-roxa (um hortícola que não usamos assim tanto) com o precioso bacalhau Riberalves . Como acompanhamento, um arroz selvagem de tomate e muitos pozinhos de perlimpimpim em toda esta receita em que o resultado agradou a todos!
Experimentem e espreitem mais receitas com o nosso bacalhau na página Bacalhau Riberalves !

Ingredientes (2 pessoas)

1 lombo de bacalhau Riberalves

4 folhas de couve roxa (grandes)

2 folhas de louro

1 chávena café de arroz selvagem

1 colher de sobremesa de azeite

1 dente de alho picado

1/3 cebola picada

1 tomate picado

1 colher de sobremesa de polpa de tomate

q.b. salsa picada

q.b. sementes de cânhamo

Preparação
Depois de descongelar o lombo de bacalhau da Riberalves retirei a pele e as espinhas e lasquei-o. Coloquei a couve roxa (inteira e lavada) num tacho com água a ferver durante 5 minutos. Desta forma é mais fácil retirar as folhas sem que se partam. Distribuí o bacalhau lascado por 4 folhas de couve e enrolei-as, de modo a formar as trouxas. Cozi a vapor em água aromatizada com folhas de louro, 15 a 20 minutos.

Entretanto preparei o arroz: num tacho coloquei o azeite, o alho e a cebola e, sempre em lume brando, assim que a cebola ficou translúcida juntei o tomate, a polpa e o arroz. Adicionei o dobro da água (em ralação à quantidade de arroz) e deixei cozinhar.

Servi as trouxas com o arroz polvilhadas com salsa e sementes.

Hoje tenho uma companheira especial na Cozinha com Coração: a Luísa. Tem o mesmo nome que eu e é filha de uma amiga-irmã, a minha Kiki. A Luísa gosta de muffins mas não apreciava bacalhau – nem consigo imaginar como tal é possível! – então tivemos esta ideia. Preparámos muffins de bacalhau e não sobreis sequer um! Que delícia. Vão experimentar?

Ingredientes (5 unidades)

2 ovos (L)

1 lombo de bacalhau Riberalves

1 folha de louro

1 tomate picado

q.b. salsa picada

1 colher de sopa de azeite

1 colher de sopa de fubá

1 dente de alho picado

1/2 cebola picada

q.b. sementes de cânhamo

Preparação
Descongelei o lombo de bacalhau, limpei-o retirando a pele e as espinhas e lasquei-o. Num tacho deitei o azeite, o louro, a cebola, o alho e assim que a cebola ficou translúcida, sempre em lume brando, juntei o tomate e o bacalhau. Deixei cozinhar até todo o líquido evaporar e depois deixei arrefecer.

Programei o forno a 180 graus.

Bati ligeiramente os ovos envolvendo a salsa picada e a fubá. Distribuí o bacalhau por formas de silicone, verti por cima a mistura de ovo, polvilhei com as sementes e levei ao forno cerca de meia hora (ou até estarem cozinhados).

A Bola de Bacalhau da minha avó Bravo reaviva em mim das melhores recordações… O cheirinho e aquele sabor estão gravados há anos! É impossível esquecer esta receita, acreditem. O bacalhau é um peixe nutricionalmente tão interessante e com um sabor tão marcante, que origina as melhores receitas. A avó contou-me que o segredo desta é a qualidade do bacalhau – e eu usei o melhor, como ela me ensinou: Riberalves – então mistura-se com azeite, cebola, alho e piri-piri… Hmmmm! Tão simples e tão bom.

Clique AQUI para ver a receita.

Tenho andado assim… Com vontade de colinho de Bravas e comida de aconchego. E quando me sinto assim, sabem o que faço? Peço à Mãe ou à Avó Bravo para prepararem comidinha boa. 
Desta vez serve-se Caldo de bacalhau com cevadinha.
O que vos parece?

Vamos à lista de ingredientes?

1/2 lombo de bacalhau Riberalves

1 🥄 sobremesa de azeite

1 dente de alho

1 chalota

1 folha de louro

1/2 cenoura

1 chávena de brócolos em pedaços

1/3 curgete

3 🥄 sopa de cevadinha cozida

(usei cebolas e alhos porque são essenciais na minha comida de aconchego)

E agora, colher de pau no tacho?

Descongelei o bacalhau, retirei a pele e as espinhas.Levei ao lume o dito tacho, em que deitei o azeite com o alho picado, a folha de louro e a chalota cortada em rodelas finas. Então adicionei a cenoura cortada em rodelas e os brócolos. Juntei água quente e assim que ferveu coloquei a curgete, que também cortei em rodelas. Quando os legumes estavam quase prontos juntei o bacalhau, em pedaços. Depois de cozinhar a gosto, retirei a folha de louro e servi com a cevadinha que já estava cozida.

Como estão hoje, meus amores? Depois dos mimos do Mel e de finalmente ter conseguido despertar toda a família Bravo, passei o dia entre consultas, a Cozinha com Coração

e só agora voltei aos mimos. A inspiração que o amor traz levou-me hoje a preparar um BACALHAU CREMOSO que vocês vão querer experimentar! Usei os melhores ingredientes: além do tentador Bacalhau Riberalves , o nosso precioso azeite, os indispensáveis alho, cenoura, couve flor e ervilhas. Ainda faltam a aveia, a bebida vegetal e o toque aromático da noz moscada. 
Agora é só ver a receita, depois seguir para a cozinha e preparar cada passo com amor. Os aromas vão ajudar! Não se esqueçam de pôr aquela música de que gostam e aproveitem para relaxar.

Ingredientes (2 pessoas)

1 lombo de bacalhau Riberalves

1 colher de sopa de azeite

1 dente de alho

1 cenoura ralada

1 chávena de couve flor em pedaços

1 chávena de ervilhas

220ml de leite (ou bebida vegetal)

3 colheres de sopa de farinha de aveia

q.b. noz moscada

Preparação
Descongelei o lombo de bacalhau Riberalves, retirei a pele e as espinhas e lasquei-o. Coloquei o azeite num wok , o alho picado, a couve flor e a cenoura. Deixei cozinhar alguns minutos em lume brando e adicionei as ervilhas e o bacalhau. Cozinhou a gosto e reservei.

Programei o forno a 180 graus. Coloquei num tacho o leite, a farinha e a noz moscada. Aqueci e mexi até ficar cremoso. Transferi o preparado de bacalhau para um recipiente , por cima dispus o creme. Foi ao forno cerca de 30 minutos (ou até cozinhar e ficar dourado).