Tag

Riberalves

Browsing

Um gratinado é sempre um sucesso… Este vai buscar os sabores da nossa tradição, ao Bacalhau Riberalves , ora pois! Nutricionalmente muuuuuito interessante, como tudo o que sai da nossa Cozinha com Coração e mais uma boa notícia: fica pronto em 30 minutos.
Não há desculpas para não preparem as vossas refeições em casa, concordam?

Podem acompanhar com uma salada e desfrutar do convívio à mesa.

Ingredientes (2 pessoas)

250g bochechas de bacalhau Riberalves

1 cebola roxa 

1 colher de sobremesa de azeite

2 batatas doces (pequenas)

q.b. paprika

q.b. salsa seca

q.b. salsa fresca

q.b. malagueta (opcional)

50 ml leite ou bebida vegetal

q.b. queijo magro ralado


Descongelei as bochechas. Cortei a cebola em meias luas e levei-a ao lume, num tacho com o azeite e a paprika.

Lavei, cortei em rodelas e cozi a batata doce a vapor. Retirei depois, a casca.

Programei o forno a 220 graus.

Num tabuleiro de barro coloquei a cebola, por cima as bochechas de bacalhau e, em volta as rodelas de batata doce. Polvilhei com salsa seca e malagueta a gosto.

Deitei o leite, polvilhei com queijo ralado e levei ao forno, onde cozinhou até tostar (cerca de 15 minutos).
Servi polvilhado com salsa.

Boooooom dia! 

Ouvi dizer que existe pelo menos uma receita de bacalhau por cada dia do ano! Fiquei a pensar nisto e na verdade o número deve ser ainda maior… Estive a fazer umas contas por alto e com a Bacalhau Riberalves, preparámos na Cozinha Nutrição com cerca de 40 receitas em 17 meses…
Nem seria necessário repetir receitas mas algumas são tão boas que não há como não saborear uma segunda vez. E terceira. E quarta…

Deixo os links do nosso top 4, preparado pela minha Kiki . Podem seguir os links nos stories ou directamente no Blog!
Rolo de bacalhau
Caril de bacalhau e legumes
Bolos de bacalhau
Fritata de bacalhau

O que acham?

Ora aqui vamos nós, embalados em mais uma viagem pela Cozinha com, desta vez com uma receita de bacalhau Riberalves: adoro tartes! E esta, com a base preparada com batata doce, polvilho (tapioca) e linhaça? Acham que vão gostar?

Aposto que sim, por isso deixo-vos a receita.

Ingredientes (2 pessoas)

2 batatas doces

1 colher de sopa de polvilho doce

1 colher de sopa de linhaça triturada

250g lombo bacalhau Riberalves

2 tomates

1 colher de sopa de azeite

1 dente de alho

1 folha de louro

1/2 cebola

q.b. mozarela (opcional)

Descongelei o bacalhau, tirei a pele e as espinhas e lasquei-os.
Cozi as batatas ao vapor cortadas em pedaços. Transformei-as em puré e depois de arrefecerem ligeiramente envolvi a linhaça e o polvilho. Com esta massa forrei um recipientes de ir ao forno.
Num wok coloquei o azeite, a cebola e o alho picados e o louro. Depois de cozinhar ligeiramente em lume brando juntei os tomates cortados em meias luas e o bacalhau. Deixei cozinhar a gosto até evaporar a maioria do líquido.
Dispus o bacalhau por cima da base de batata doce (rejeitando a folha de louro), polvilhei com mozarela e levei ao forno, a 190 graus, cerca de 20 minutos, até o queijo derreter. Servi quente.

Diz a Wikipédia que a palavra “frittata” deriva do italiano “fritta”, o particípio passado feminino de “fritar” (friggere). Pois, naturalmente, este prato não tem nadinha de frito. Então, temos uma Fritata de Bacalhau Riberalves à moda da Cozinha com Coração!

️Já sabem que vos deixo a receita, pois se foi para vocês que a criámos…

Ei-la!

Ingredientes (2 pessoas)
1/2 lombo de bacalhau Riberalves
2 ovos
2 colheres de sopa de iogurte natural
q.b. orégãos (ou outra erva a gosto)
1 colher de sopa de azeite
1 dente de alho
1/2 cebola
1 tomate picado
1 chávena de ervilhas
1 colher de sopa de pimento vermelho picado

Descongelei o bacalhau, tirei a pele e as espinhas e cortei-o em cubos.
Coloquei o azeite, o alho e a cebola num tacho. Quando a cebola amoleceu, juntei o tomate e passados alguns minutos o bacalhau. Deixei cozinhar em lume brando, até a maioria do líquido evaporar e quando estava quase pronto misturei as ervilhas. Transferi para um tabuleiro.
Programei o forno a 180 graus.
Bati os ovos com o iogurte, temperei com orégãos a gosto e deitei a mistura sobre o bacalhau. Dispus o pimento vermelho por cima e levei ao forno cerca de 20 minutos (ou até estar cozinhado).

Embora as fotografias destas duas receitas de bacalhau sejam semelhantes, na verdade são muito diferentes.
O recheio de ambas pode ser usado noutras receitas e faz sentido fazer uma dose maior, de forma a preparar rapidamente outra refeição.
Por exemplo, sugiro que com o que restar do recheio da receita de tomate recheado preparem um crumble ou um empadão e que com a pasta de bacalhau Riberalves preparem uma massa fria, ou até uma salada (do género da salada russa, envolvendo os legumes nesta pasta).
O que acham? Têm outras ideias para utilizar os recheios destas receitas?

Este rolo de bacalhau é apreciado por miúdos e graúdos. Além de muuuuuuuuuito saboroso, facilita-nos a vida porque pode ser preparado com antecedência e levar ao forno antes de comer… Gostamos de ter opções prontas, certo? Também podem congelar em fatias e servir em qualquer momento. É preparado com legumes e pode ser saboreado quente ou frio. O que acham?

Ingredientes (3 pessoas)

1 lombo de bacalhau Riberalves

1 ovo

1 colher de sopa de azeite

1 colher de chá de vinagre

2 dentes de alho picados

2 colheres de sopa de cebola picada

1 cenoura ralada

1 batata doce média

1/4 couve

q.b. flocos de aveia

q.b. noz moscada

Descongelei o bacalhau, tirei a pele e as espinhas e desfiei-o. Coloquei o azeite, o alho e a cebola num tacho. Levei ao lume, sempre brando e assim que a cebola ficou translúcida juntei a batata doce (descascada e cortada em cubos pequenos), a couve (lavada e cortada em pedaços) e a cenoura. Depois de cozinhar até a couve estar pronta, envolvi o vinagre e o bacalhau. Cozinhou mais alguns minutos e transferi a mistura para outro recipiente.

Esmaguei-a ligeiramente (se desejar pode usar um processador de alimentos). Depois, misturei o ovo batido, noz moscada e flocos de aveia suficientes para que a mistura se mantenha unida. Coloquei o preparado numa folha de papel vegetal, enrolei e levei ao forno a 190 graus , 35 minutos.Servi quente.