Tag

receita saudável

Browsing

E que tal despertar com este PÃO AROMATIZADO DE OLEAGINOSOS que a Cozinha com Coração preparou para a TeleCulinária?

Tem o aroma da bebida e do óleo de coco e da canela, a proteína do ovo, uma mistura de farinhas que inclui aveia e arroz e, claro, os frutos gordos e sementes.

Espreitem o site e saibam todos os processos: https://www.teleculinaria.pt/blog/pao-aromatizado-de-oleaginosos-receita-ana-bravo/

Com o Halloween a chegar, é claro que a Nutrição com Coração não esqueceu a abóbora e as receitinhas saudáveis e felizes com ela. Juntámo-nos ao Bio & Natural e o resultado foi lindo e delicioso: 2 tartes diferentes, uma doce e uma salgada. Com abóbora, claro! 
Vamos falar sobre este hortícola? Existem vários tipos de abóbora, com sabores e texturas ligeiramente diferentes, todos com grande riqueza nutricional. Tudo nela é comestível, desde a casca às sementes, igualmente ricas. Vitaminas e minerais são um mundo neste, como em tantos outros hortícolas. A abóbora tampem é rica em carotenos, poderosos antioxidantes e ainda noutros, como a luteína e zeaxantina, que ajudam a prevenir problemas relacionados com a visão. E para quem se preocupa com o seu açúcar: pode ficar descansado, não é necessário.


Vamos saborear uma boa tarte de abóbora?

Pode encontrar todos os itens necessários para estas receitas, AQUI.

Tartes de abóbora (4 unidades pequenas)

300g abóbora manteiga (ou outra a gosto)

2 paus de canela

1 casca de limão

q.b. stevia

1 colher de sopa de farinha de milho

q.b. miolo de noz

2 ovos

1 colher de sopa de quark

q.b. tomilho

2 colheres de sopa de ervilhas

2 colheres de sopa de espargos em pedaços

1 chávena de cogumelos em pedaços

1 colher de sopa de cebola roxa picada

1 colher de sobremesa de azeite

3 colheres de sopa de azeite

2 chávenas de farinha espelta

1/2 chávena de água

q.b. queijo parmesão ralado

q.b. canela em pó

q.b. miolo de noz

Preparação

Cortei a abóbora em cubos pequenos. Dividi em duas partes iguais. (As sementes podem ser limpas e tostadas no forno, são um excelente snack). Num tacho deitei 1 colher de sobremesa de azeite, a cebola roxa, os espargos, os cogumelos, as ervilhas e tomilho a gosto. Deixei cozinhar em lume brando, até a maioria do líquido formado evaporar. Noutro tacho coloquei a restante abóbora com os paus de canela, a casca de limão e levei ao lume. Adocei com stevia a gosto e, sempre que necessário, adicionei bebida de aveia, para que a abóbora cozinhasse a gosto. Entretanto, numa taça misturei a farinha com o restante azeite e água (a massa fica maleável, pode acertar com mais água ou farinha). Programei o forno nos 190 graus. Forrei 4 forminhas com a massa. Recheei com os recheios doce e salgado.Por cima das duas de recheio salgado verti um ovo batido com quark e polvilhei com queijo parmesão ralado. E, por cima da de recheio doce, um ovo batido com farinha de milho, canela e nozes a gosto.Foram ao forno onde cozinharam até dourar (cerca de 35 minutos).

Adoro waffles! Aposto que vocês também. Já sabem que gosto de fazer malabarismos na Cozinha com ❤, sobretudo com combinações improváveis. Foi num desses momentos de inspiração e magia que criei este WAFFLE DE Bacalhau Riberalves que nos namora e tenta com determinação. Vá, digam a sério, já o provavam…

Ingredientes (1pessoa)
1 ovo
50 ml leite (sem lactose ou bebida vegetal, se for o caso)
3 colheres de sopa de farinha de milho (ou outra)
1/2 lombo de bacalhau
1 folha de louro
1 dente de alho
1/2 cebola
q.b. piri-piri (opcional)
1 colher de sopa de cebola roxa picada
1 colher de sopa de pimento verde picado
2 colheres de sopa de tomate picado
2 colheres de sobremesa de azeite
q.b. salsa
q.b. sementes de girassol
Preparação
Descongelei o bacalhau, retirei pele e espinhas e desfiei-o.
Num tacho deitei uma colher de sobremesa de azeite, a folha de louro, o alho picado e a cebola fatiada bem fina. Deixei cozinhar em lume brando, juntando piri-piri a gosto e, assim que a cebola estava bem cozinhada, o bacalhau desfiado. Cozinhou a gosto e deixei arrefecer (rejeitei a folha de louro).
Numa taça bati o ovo, juntei o leite e a farinha e envolvi a cebolada.
Cozinhei a massa (ou porções) numa máquina de fazer waffles (de acordo com as instruções). Mas, se não tiver, pode cozinhar de ambos os lados numa frigideira antiaderente.
Preparei o molho misturando numa taça uma colher de sobremesa de azeite com  a cebola roxa, o tomate e o pimento. Servi este molho por cima do waffle.
Polvilhei com salsa e sementes.

Há noites em que tenho sonhos e dias em que acordo a sonhar. Havia um cheirinho a inundar-me a casa e a mim por dentro. “Que sonho tão real”, pensei. Abri os olhos e vi esta delícia. Belisquem-me! A minha Kiki preparou-me mesmo muffins com pedaços de chocolate?

Ingredientes (6 unidades)
2 ovos
1+1/2 chávena de mandioca ralada
2 c. sopa requeijão
q.b. stevia
3/4 chávena farinha espelta
3 c. sopa coco ralado
2 c. sopa chocolate +70% cacau picado
2 c. sopa mirtilos
1 c. sobremesa fermento em pó
Preparação
Descasquei e ralei a mandioca.
Num liquidificador bati a mandioca com os ovos e o requeijão. Adocei a gosto com stevia e envolvi a farinha, o coco,  chocolate picado, o fermento e os mirtilos (que esmaguei ligeiramente com um garfo, antes de envolver).
Levei ao forno a 180 graus por cerca de 35 minutos (ou até o palito sair limpo).

E já que vamos no embalo da abóbora, deixo-vos mais uma receita, desta vez com bacalhau.

Alho e azeite não podem faltar. Brócolos e feijão juntam-se e temos um prato lindo e delicioso!

Ingredientes (2 pessoas)
1 abóbora Hokkaido (com pouco menos de 1kg)
1 cebola picada
6 c. sopa feijão branco cozido
1 taça brócolos em pedaços
1 c. sopa de azeite
 q.b. salsa
q.b. noz moscada
1 dente de alho picado
Preparação
Descongelei o bacalhau.
Cortei o topo da abóbora e retirei as sementes (pode limpá-las e tostá-las no forno, são um ótimo snack).
Num tacho deitei o azeite, o alho e a cebola picados, sempre em lume brando, juntei os brócolos que temperei a gosto com noz moscada e salsa picada na hora. Não deixei cozinhar muito e mesmo antes de desligar envolvi o feijão.
Programei o forno nos 180 graus.
Recheei a abóbora com a mistura, coloquei o bacalhau limpo de pele e espinhas e levei ao forno, cerca de 40 minutos, ou até estar a gosto.
Servi quente.

Eu aventuro-me muito na Cozinha com ♥, crio texturas que até a mim surpreendem, aquelas que nos proporcionam experiências que gravamos. Há uma textura que agrada a todos, nunca falha: a crocante. Agora imaginem um prato com o nosso bacalhau e aquele “crunch” em cada garfada… Bom demais, não é?

Ingredientes (2 pessoas)
6 colheres de sopa de flocos de milho
3 colheres de sopa de queijo magro, ralado
1 colher de sopa (bem cheia) de salsa picada
25g de folhas de rúcula
1 colher de sobremesa de azeite
1/2 iogurte natural
1 colher de sopa de miolo de noz
Preparação
Depois de descongelar o bacalhau, retirei a pele e cortei-o em tiras de tamanho semelhante.
Programei o forno nos 180 graus.
Numa taça coloquei os flocos de milho, que esmigalhei (também pode processar). A seguir, misturei o queijo e a salsa e passei as tiras de bacalhau por esta mistura. Dispus as mesmas num tabuleiro forrado com papel vegetal e levei-as ao forno, por cerca de 25 minutos (ou até tostarem).
Entretanto, com uma varinha mágica (ou num processador) preparei o molho com a rúcula, o azeite, o iogurte e as nozes.
Pode servir quente ou frio.