Tag

receita fácil

Browsing

Não sei o que acham mas eu adoro colorir o Inverno! Este podia ser um Brás de bacalhau normal, em tons pastel (sem fritos, claro!), mas não é. Há aqui um jogo de cores que faz com que alimentos tão ricos como o tomate e a couve-roxa se juntem a um peixe que é tão nosso e tão nutritivo. Proteína, muito pouca gordura, selénio, fósforo, vitaminas B12, B6 e D… Um mundo de cor, sabor, nutrientes e aconchego para uma refeição feliz!

Ingredientes (1 pessoa)

1 ovo

100 g lombo de bacalhau Riberalves desfiado

1/2 cebola

1 dente de alho

1 colher sobremesa azeite

q.b. salsa picada

q.b. noz moscada

1/4 couve roxa

q.b. tomate mini

Preparação

Comecei por lavar bem a couve e cortá-la em juliana. Piquei o alho e a cebola. Num tacho coloquei o azeite, o alho e a cebola. Cozinhei, em lume brando e assim que a cebola ficou translúcida adicionei o bacalhau e a noz moscada. Tapei e deixei cozinhar cerca de 5 minutos. Juntei a couve e deixei cozinhar a gosto. Bati o ovo com a salsa picada e envolvi no preparado anterior.

Servi polvilhado com mais salsa e com tomate mini.

O dia dos namorados está a aproximar-se e na Cozinha com Coração ainda há mais amor no ar. Esta é uma das primeiras receitas que vos apresentamos e foi preparada com ingredientes que desvendo de seguida: ❣️bebida de aveia (ou leite)❣️stevia❣️quinoa❣️sementes de chia e de linhaça triturada❣️casca de limão❣️amoras❣️miolo de noz❣️”iogurte” de soja (ou iogurte natural).

E agora que vos agucei o apetite vou deixar o link da TeleCulinária onde podem encontrar a receita. Siiiiiiiiiim?

O almoço de hoje é simples mas saboroso.

Aqui fica a receita.

Ingredientes (1 pessoa)

1 queijo fresco de cabra

60 g massa integral

1 chávena de ervilhas (já cozidas)

q.b. ervas frescas a gosto (usei manjericão)

1 colher de sopa de miolo de amêndoa

1 c. sobremesa de azeite

q.b. sumo de limão

q.b. água morna (pode ser a de cozer as ervilhas)

Preparação
 Depois de cozer a massa, preparei o molho. Usei a varinha mágica (pode usar o liquidificador) para fazer o preparado com 3/4 das ervilhas juntamente com 3/4 do queijo fresco de cabra, o manjericão, 3/4 das amêndoas, o azeite e algumas gotas de sumo de limão. Ajustei a consistência utilizando água morna.
 Envolvi a massa cozida neste molho e servi, com as restantes ervilhas, queijo e amêndoas em pedaços.

Tenho andado assim… Com vontade de colinho de Bravas e comida de aconchego. E quando me sinto assim, sabem o que faço? Peço à Mãe ou à Avó Bravo para prepararem comidinha boa. 
Desta vez serve-se Caldo de bacalhau com cevadinha.
O que vos parece?

Vamos à lista de ingredientes?

1/2 lombo de bacalhau Riberalves

1 🥄 sobremesa de azeite

1 dente de alho

1 chalota

1 folha de louro

1/2 cenoura

1 chávena de brócolos em pedaços

1/3 curgete

3 🥄 sopa de cevadinha cozida

(usei cebolas e alhos porque são essenciais na minha comida de aconchego)

E agora, colher de pau no tacho?

Descongelei o bacalhau, retirei a pele e as espinhas.Levei ao lume o dito tacho, em que deitei o azeite com o alho picado, a folha de louro e a chalota cortada em rodelas finas. Então adicionei a cenoura cortada em rodelas e os brócolos. Juntei água quente e assim que ferveu coloquei a curgete, que também cortei em rodelas. Quando os legumes estavam quase prontos juntei o bacalhau, em pedaços. Depois de cozinhar a gosto, retirei a folha de louro e servi com a cevadinha que já estava cozida.

Já vos tinha dito que o bacalhau sabe tão bem que não precisa de máscaras. Deixo-vos mais uma receita com poucos ingredientes: tomate, louro e azeite. O bacalhau à moda da mãe Bravo vai sair! Podem acompanhar com batatas a murro, cozidas ou puré de batata doce ou quinoa, misturado num arroz colorido… É um preparado muito versátil.

Ingredientes (1 pessoa)

1/2 lombo de bacalhau Riberalves

1 colher de sobremesa de azeite

1 dente de alho (opcional)

1 folha de louro

1 tomate

Preparação
Depois de descongelar o bacalhau, retirei a pele e as espinhas e lasquei-o. Num wok coloquei o azeite e o alho picado. Deixei aquecer em lume brando e adicionei o louro e o tomate que cortei em meias luas. Logo de seguida juntei o bacalhau e depois de cozinhar a gosto é só saborear.

Adoro waffles! Aposto que vocês também. Já sabem que gosto de fazer malabarismos na Cozinha com ❤, sobretudo com combinações improváveis. Foi num desses momentos de inspiração e magia que criei este WAFFLE DE Bacalhau Riberalves que nos namora e tenta com determinação. Vá, digam a sério, já o provavam…

Ingredientes (1pessoa)
1 ovo
50 ml leite (sem lactose ou bebida vegetal, se for o caso)
3 colheres de sopa de farinha de milho (ou outra)
1/2 lombo de bacalhau
1 folha de louro
1 dente de alho
1/2 cebola
q.b. piri-piri (opcional)
1 colher de sopa de cebola roxa picada
1 colher de sopa de pimento verde picado
2 colheres de sopa de tomate picado
2 colheres de sobremesa de azeite
q.b. salsa
q.b. sementes de girassol
Preparação
Descongelei o bacalhau, retirei pele e espinhas e desfiei-o.
Num tacho deitei uma colher de sobremesa de azeite, a folha de louro, o alho picado e a cebola fatiada bem fina. Deixei cozinhar em lume brando, juntando piri-piri a gosto e, assim que a cebola estava bem cozinhada, o bacalhau desfiado. Cozinhou a gosto e deixei arrefecer (rejeitei a folha de louro).
Numa taça bati o ovo, juntei o leite e a farinha e envolvi a cebolada.
Cozinhei a massa (ou porções) numa máquina de fazer waffles (de acordo com as instruções). Mas, se não tiver, pode cozinhar de ambos os lados numa frigideira antiaderente.
Preparei o molho misturando numa taça uma colher de sobremesa de azeite com  a cebola roxa, o tomate e o pimento. Servi este molho por cima do waffle.
Polvilhei com salsa e sementes.