Tag

massa

Browsing

Já há uns tempos que não preparo carne cá em casa. Naturalmente não é uma opção profissional, vem antes do respeito pela minha vontade pessoal. Desde que haja a essencial consciência alimentar e dessa forma não faltem nutrientes, considero que devemos respeitar os nossos gostos pessoais. 
Vocês sabem que não sou fundamentalista e não entro em radicalismos. Acho que cada pessoa é livre de escolher a forma como se alimenta, desde que garanta que nada lhe falta a esse nível, ou seja, desde que tenha equilíbrio nutricional no seu dia-a-dia. 
E aqui estou eu a propor para o jantar de hoje uma massa sem glúten com soja em molho de polpa de tomate Guloso com ervas aromáticas. Foi o que preparei para os amigos que vieram partilhar amor em gargalhadas, abraços e garfadas de Comida Saudável e Feliz !

Ingredientes (2 pessoas)

120g massa sem glúten (ou integral)

120g polpa de tomate

2 chávenas de soja (grossa)2 dentes de alho

1 cebola (pequena)

1 chávena de tomate cereja

1 colher de sopa de azeite

q.b. ervas secas a gosto

q.b. ervas frescas a gosto

Preparação
Coloquei a soja de molho (em água suficiente para a submergir) durante cerca de 25 minutos. Cozi a massa em água abundante, até ficar a gosto, escorri e reservei. Num tacho coloquei o azeite, o alho e a cebola picados. Deixei cozinhar em lume brando e, assim que a cebola ficou translúcida, juntei a polpa de tomate e temperei com ervas secas. Deixei cozinhar, juntando água aos poucos sempre que necessário (se desejar pode passar o molho com a varinha mágica). Entretanto, escorri a soja tendo o cuidado de retirar o excesso de água. Envolvi-a no molho de tomate e deixei cozinhar mais alguns minutos. Lavei e cortei ao meio os tomates cereja que misturei no preparado anterior mesmo antes de desligar o fogão. Servi com a massa, polvilhado com ervas frescas picadas na hora.

Com o foco na saúde e bem estar, o Bio & Natural lançou-me um desafio chamado “Isto ou Aquilo”. Consiste em comparar alimentos, sobretudo para os conhecermos melhor. As escolhas nem sempre são lineares e há vários condicionantes para a escolha “disto ou daquilo”. Começamos com a massa: versão integral ou não integral? Será que a resposta é a mesma para todos os casos?

Neste caso minha escolha recai nos alimentos integrais, ou seja, na massa integral. Nutricionalmente, é mais rica em vitaminas, gorduras essenciais e minerais, e por isso é mais aconselhada de uma forma geral. Mas atenção, os alimentos integrais também têm um maior teor a fibras insolúveis (não digeríveis) e por isso não são aconselháveis a quem tem uma doença inflamatória intestinal ou alguma intolerância ou sensibilidade digestiva.

 

 

Hoje preparei um molho delicioso que servi com massa. Partilho a receita convosco porque sei que o vão utilizar muitas vezes…

Ingredientes (1 pessoa)
1 queijo fresco de cabra SANTIAGO
50 g massa integral
1 chávena de ervilhas (já cozidas)
q.b. ervas frescas a gosto (usei manjericão)
1 colher de sopa de miolo de amêndoa
1 c. sobremesa de azeite
q.b. sumo de limão
q.b. água morna (pode ser a de cozer as ervilhas)

Preparação

Depois de cozer a massa, preparei o molho. Usei a varinha mágica (pode usar o liquidificador) para fazer o preparado com 3/4 das ervilhas juntamente com 3/4 do queijo fresco de cabra, o manjericão, 3/4 das amêndoas, o azeite e algumas gotas de sumo de limão. Ajustei a consistência utilizando água morna. Envolvi a massa cozida neste molho e servi, com as restantes ervilhas, queijo e amêndoas em pedaços.

Simplesmente delicioso este almoço e tão simples de preparar.

Ingredientes (1 pessoa)

60 g esparguete integral

1 ovo

1 c. sopa beterraba em cubos pequenos

1/4 beringela

1/4 cenoura

1/4 alho francês

1/4 chuchu

2 dente alho

1 c. chá tomilho seco

1 folha louro

3 c. sopa azeite

q.b. sumo limão

q.b.salsa picada

Preparação
Comecei por cozer o esparguete em água abundante e reservei. Lavei muito bem todos os vegetais. Num wok coloquei o azeite, o alho picado e o alho francês em rodelas, a beterraba e a folha de louro. A seguir adicionei a cenoura, a beringela e o chuchu partidos em cubos. Depois de cozinhar algum tempo deitei algumas gotas de sumo de limão e polvilhei com o tomilho seco. Misturei o esparguete, envolvendo bem e, por fim,  escalfei o ovo num tacho com água a ferver. Servi a massa colocando o ovo em cima e polvilhando com salsa picada.

Um almoço colorido é sempre bem vindo. Hoje os legumes acompanham massa integral.

Ingredientes (2 pessoas)

100 g cenoura Baby Natura Vitacress

1 colher de sopa de azeite

1 dente de alho

150 g Curly baby Kale da vitacress

120 g massa integral

250 g peito de frango

q.b. água

q.b. sumo de limão

q.b. salsa picada

q.b. Tomilho Limão da Vitacress

q.b. Coentros da Vitacress

Preparação
Comecei por temperar o peito de frango, que parti em pedaços com sumo de limão, alho picado e Tomilho Limão da Vitacress. A seguir lavei e cortei as cenouras Baby Natura  da Vitacress em rodelas. Num tacho coloquei o azeite, o frango e deixei cozinhar, em lume baixo, até o frango mudar de cor. Juntei a cenoura, água quente e a massa. Cozinhou alguns minutos, até a massa ficar al dente. Nessa altura, adicionei a Curly Baby Kale da Vitacress, tapei e esperei que murchasse. Nessa altura, desliguei e servi polvilhado com Coentros da Vitacress.