Tag

jornal de notícias

Browsing

Aqui está a receita desta fresca e deliciosa mousse.

– 210g melancia
– 3g agar-agar
– 150 cottage
– qb hortelã
– qb stevia

Misturei o agar-agar com o puré de melancia.
Levei ao lume (pode adoçar a gosto com stevia) e deixei ferver 2 ou 3 minutos.
Depois de arrefecer ligeiramente adicionei o cottage, coloquei na casca da melancia (ou em taças), deixei arrefecer um pouco antes de levar ao frigorífico, onde permaneceu pelo menos 1 hora antes de servir.

Sugiro que vejam o vídeo completo no Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias – deixo o link:

https://www.jn.pt/artes/especial/videos/mousse-de-melancia-para-brindar-a-chegada-do-verao-13847430.html


Para festejar o São João, o Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias propõe esta receita , com tofu e pimentos. É deliciosa!

Veja o vídeo completo clicando AQUI.

Ingredientes:

200g tofu

q.b. sumo de limão

1 dente de alho picado

q.b. paprika

2 colheres de sopa de azeite

1/2 pimento verde

1/2 pimento vermelho

2 cebolas em rodelas finas

q.b. broa de milho

Cortei o tofu em fatias e marinei em sumo de limão e alho picado. Deixar na marinada pelo menos 30 minutos.

Aqueci o azeite numa frigideira, coloquei a cebola e os pimentos cortados em pedaços, paprika e deixei cozinhar em lume brando até começarem a amolecer.

Adicionei o tofu e deixei cozinhar a gosto.Servir em fatias de broa.

A SÍNDROME PRÉ-MENSTRUAL afecta 3 em 4 mulheres em idade fértil e consiste em alterações hormonais que desencadeiam sintomas que vão desde o mal-estar emocional ao aumento de apetite, que pode reflectir-se no peso e em desconforto físico geral.

Há muitos relatos de aumento do apetite, muitas vezes assumindo algum descontrolo: às vezes vem o doce a seguir ao salgado e depois volta ao início.

Outros sintomas, além do apetite excessivo, mais comuns nesta fase, são:

  • aumento do volume e tensão mamária, com algum desconforto e por vezes até mesmo dor;
  • retenção de líquidos, edema, nomeadamente ao nível da zona abdominal e pernas, que se reflecte também num aumento de habitualmente peso, 1 a 2 kg;
  • dores de cabeça ou mesmo enxaqueca;
  • estado depressivo e/ou irritabilidade;
  • alteração do sono;
  • cansaço.

Há produtos alimentares que, nestas alturas, chamam pelo nome de muitas mulheres. Os mais comuns são:

  • o chocolate, seguido pelos doces em geral, sobretudo os crocantes, como bolachas e biscoitos;
  • há quem prefira os salgadinhos, especialmente crocantes, mais uma vez, sendo que as batatas fritas lideram as escolhas a este nível;
  • não menos comum é a «necessidade» de alternar o doce com o salgado, em episódios de alguma compulsão alimentar.

Porque “chocolatamos”? A riqueza do cacau num mineral – o magnésio – e numa parte de uma proteína – o triptofano – que são, em conjunto, precursores do neurotransmissor do bem-estar, a serotonina faz com que nos sintamos bem. Se optarmos por chocolate simples com mais de 70% de cacau ou por variedades com frutos oleaginosos, como amêndoas ou avelās, que podem melhorá-lo nutricionalmente, prolongando a sensação de saciedade e sobretudo se não devorarmos uma tablete, está tudo bem.

Dicas:

  • O ideal será preferir os cereais integrais aos refinados e evitar passar mais de duas de prazer imediatas horas e meia sem comer. (Neste caso isto reveste-se de especial importância, porque permitirá evitar que o «descontrolo» seja maior nas «alturas mais críticas».)
  • pode comer, por exemplo:
    — pipocas (preparadas em casa – sem açúcar nem sal, pode juntar cacau ou canela);
    — fruta – fresca ou desidratada;
    — tortilha de milho e de arroz;
    — uma mão de frutos oleaginosos.

Independentemente das suas escolhas alimentares, será importante canalizar a sua energia para actividades físicas. Se está a chover e não pode caminhar, porque não põe uma música de que goste a tocar no telemóvel e dança? Desviará a sua atenção extrema da comida, o que ajuda- muito!-, além de gastar calorias.

👁 Podem ver o vídeo completo no Canal Nutrição com Coração do Jornal de Notícias, clicando AQUI.