Tag

empadão

Browsing

Este empadão é digno de um dia de festa, em que a mesa tem que estar perfeita e o sabor também!

 

Empadão de beterraba (3 pessoas)

150g tofu
4 colheres de sopa de grão-de-bico cozido
1 cebola
1 dente de alho
1/2 pimento vermelho
1 colher de sopa de azeite
q.b. noz moscada
q.b. tomilho
beterraba
1 taça de couve flor cozida, em pedaços
q.b. salsa
Programei o forno a 180 graus.
Cozi a beterraba, com a casca.
Coloquei o azeite num wok juntamente com a cebola e o alho cortados em rodelas finas. Adicionei o pimento cortado em tiras e levei ao lume, sempre baixo. Deixei cozinhar, cerca de 10 minutos, adicionei o tofu cortado em cubos e temperei com tomilho. Cozinhou até o tofu ficar a gosto e, antes de desligar envolvi o grão-de-bico.
Entretanto, descasquei e cortei a beterraba em pedaços e transformei-a em puré juntamente com a couve-flor. Temperei com noz moscada.
Forrei uma forma com papel vegetal e dispus 3 camadas: uma de puré, no meio a mistura de tofu e, por cima, o restante puré.
Levei ao forno cerca de 25 minutos. Retirei e, depois de arrefecer ligeiramente, desenformei e servi polvilhado com salsa picada.

Coloca-se a soja granulada em água pelo menos 2 horas.
Prepara-se o puré: “quantidades não sei, mas fiz com água e no final juntei noz moscada e  margarina. Calma, fiz para 4 pessoas e usei 1 colher de sobremesa, não olhes assim para mim.” – explica a ternurinha  de olhos amendoados. [E eu juro que nem abri a boca. Bom, os olhos, sim!]

Cada um deve rectificar a consistência do puré: “tu sabes, Ana, há quem goste mais espesso, ou mais macio… É importante ir de encontro ao gosto de cada um. Tem que saber mesmo bem!” [Verdade. A #comidasaudavelefeliz da Cozinha com Coração.]

Entretanto prepara-se uma cebolada: cebola, alho, louro, tomate, azeite e malagueta. Espreme-se muito muito bem a soja (para tirar a água) e junta-se ao mesmo tacho, assim que a cebola fique ligeiramente translúcida.
Numa assadeira coloca-se metade do puré, que compõe uma camada (diz a mãe que se deve tirar o excesso de molho), depois uma camada de soja e por último outra de puré. Vai ao forno e quando sai está assim, esta maravilha.

Abriu-vos o apetite?

Oláaaaaaaaaaaaaaaa!

Aqui fica uma sugestão que agradou a Equipa Nutrição com Coração.

Ingredientes (2 pessoas):

– 200g Bacalhau Riberalves
– 1 colher de sopa de azeite
– 1 dente de alho laminado
– 1 cebola em rodelas
– 1/2 tomate picado
– 1 cenoura ralada
– 1 chávena grelos cozidos (ou espinafres)
– 2 inhames (médios)
– 1/2 chávena bebida de soja (ou leite)
– q.b. noz moscada

Descongele o bacalhau, tire a pele e as espinhas e desfie-o.
Entretanto, coza os inhames em água abundante (com a pele), deixe arrefecer ligeiramente e descasque-os.
Coloque o azeite num tacho, seguido do alho, da cebola, da cenoura e do tomate. Deixe cozinhar, em lume brando, até estarem tenros e a maior parte do líquido evaporar. Nessa altura envolva o bacalhau e desligue passados cerca de 2 minutos.
Num liquidificador (ou com uma varinha mágica) transforme os inhames em puré juntamente com a bebida vegetal e noz moscada a gosto.
Programe o forno a 200 graus.
Num tabuleiro disponha a mistura de bacalhau, os grelos cozidos e por cima, o puré de inhame.
Leve ao forno a gratinar a 200 graus, cerca de 20 minutos.

E para entrar neste fim-de-semana em bom, deixo-vos uma receita aconchegante e equilibrada para a família. Empadão de arroz e Bacalhau Riberalves! Podem servir morno ou mesmo frio, nestes dias de solzinho bom. O segredo é juntar o ingrediente principal, que todos têm: muito amor.

Ingredientes (2 pessoas):
– 200g Bacalhau Riberalves
– 1 chávena de café de arroz selvagem
– 1 🥄 de sopa de azeite
– 1 cebola
– 1 dente de alho
– 1 cenoura
– 1/2 tomate
– 1 chávena de feijão verde cozido, cortado em pedaços
– 1 🥄 de sopa de queijo magro ralado

Descongelar o bacalhau, tirar a pele e as espinhas e lascar.
Cozer arroz no dobro da água (pode aromatizar com louro, se desejar). Depois de frio, envolver o queijo ralado e reservar.
Programar o forno a 190 graus.
Colocar azeite num tacho com a cebola e o alho. Assim que a cebola fique translúcida, juntar a cenoura ralada, o tomate em cubos e o bacalhau.
Deixar cozinhar alguns minutos, até a maioria do líquido evaporar. Então juntas o feijão verde e desligar o fogão.
Numa forma, dispor em camadas: arroz, mistura de bacalhau e por último um pouco mais de arroz.
Levar ao forno cerca de 20 minutos, até tostar.
Pode servir morno ou frio.

O que acham?

Deixo-vos com mais uma receita de couve-flor. Espero que gostem!

Ingredientes:

– 1 batata pequena
– 1/3 couve-flor
– 1 tomate
– 1 cenoura
– 1/2 cebola
– 1 dente de alho
– 1 colher de sopa de polpa de tomate
– 1 chávena de café de lentilhas
– 1 colher de sobremesa de azeite
– 1 folha de louro

Cozi a couve e a batata, transformei-as em puré (usei um esmagador).
Num tacho coloquei o azeite, a cebola picado, o alho picado e a folha de louro. Cozinhou em lume brando e, assim que a cebola ficou translúcida, adicionei a cenoura ralada, o tomate picado, a polpa de tomate e as lentilhas (lavadas e previamente demolhadas durante cerca de 15 minutos).
Deixei cozinhar, adicionando água quente aos poucos sempre que necessário. Tirei a folha de louro.
Programei o forno a 190 graus.
Coloquei a mistura de lentilhas num recipiente, por cima dispus o puré e levei ao forno até dourar.
Servi de imediato.

Que tal? 🤩😋