Category

Receitas

Category

A minha Kiki está a preparar Panquecas de bacalhau e feijão verde… Têm este aspecto bom e são saudáveis, claro.
Achei que iam gostar de ter a receita! Adivinhei?

Receita (6 unidades):

– 220g lombo de bacalhau Riberalves
– 1 ovo
– 100ml de água com gás
– 10 🥄 de sopa de farinha espelta
– 1 🥄 de café de fermento
– 1/2 cebola
– 1 🥄 de chá de alho em pó
– q.b. noz moscada
– 1/2 cenoura
– 120g feijão verde
– q.b. salsa

Descongelei o bacalhau, limpei pele e espinhas e desfiei-o.
Lavei o feijão verde, retirei a parte fibrosa e cortei em pedaços pequenos que cozi ao vapor. Ralei a cenoura e piquei finamente a cebola.
Bati o ovo, misturei a água com gás, a farinha, o alho em pó, noz moscada a gosto e o fermento. Depois envolvi a cenoura, o feijão verde, a salsa picada e o bacalhau.
Cozinhei porções desta massa, de ambos os lados, numa frigideira antiaderente.

E, se precisar, pode receber o bacalhau Riberalves no conforto do seu lar. Para isso tem que morar no distrito de Lisboa ou na margem sul. Saiba mais aqui.

Booooooooooom diiiiiiiiiiiiia, sorrisos lindos!
E que tal um pequeno almoço com sabor a chocolate?
Prepara-se facilmente e inclui 2 produtos da linha que criei: o “mix panquecas” e a “aveia puff”. Vou encurtar os adjectivos para o descrever: é saudável e delicioso!

Vão experimentar?

Ingredientes (1 pessoa)

200 ml bebida vegetal a gosto

1 colher de sopa de sementes de chia

1 colher de sopa de mix para panquecas

1 colher de sobremesa de cacau

20 g chocolate +70% cacau (vegan, se for o caso)

4 colheres de sobremesa de aveia puff

q.b. fruta para servir


Levei ao lume a bebida vegetal com 10g de chocolate e o cacau. Assim que o chocolate derreteu, desliguei e depois de arrefecer ligeiramente misturei as sementes de chia e o mix de panquecas. Transferi para uma caneca e levei ao frigorífico até solidificar. Para servir, derreti o restante chocolate no micro-ondas que verti por cima da aveia puf que dispus sobre o pudim.

Acompanhe ainda com fruta a gosto.

Olá meus amores!

Sirvo-vos esta sopa aveludada, cheia de vitaminas, minerais, fibra e proteína, também para vos alertar para o seguinte: devem usar azeite apenas no vosso prato, em cru e não adicioná-lo durante a preparação da sopa. E com este propósito, quer para completar a refeição com a melhor gordura, quer para satisfazer o nosso prazer sensorial, não há melhor que o Aza Azeites Vitae. Tem um teor de antioxidantes muito superior a qualquer outro, nível mundial e é nosso, português! O consumo diário de 20 gr deste azeite, reduz a oxidação do LDL (Mau Colesterol), ou seja, reduz de forma significativa a deposição de gorduras nas nossas artérias, protegendo o nosso sistema circulatório e reduzindo assim o risco de doenças do foro cardiovascular. É produzido através de um processo patenteado, exclusivamente mecânico, e resulta da colaboração da Azal Azeites com a empresa Zeyton Nutraceuticals. É único no mundo!

Não previa fazer um post tão longo, mas de facto este produto merece que tudo seja descrito.

Se quiserem mais informações sobre este produto veja os contactos AQUI .

Ingredientes (1 pessoa)

1 chávena de couve-flor em pedaços

1 chávena de abóbora em cubos

1/2 cebola

2 colheres de sopa de grão-de-bico cozido

2 colheres de chá de azeite Azal Vitae

q.b. orégãos

q.b. noz moscada

q.b. curcuma

q.b. salsa picada (ou outra erva a gosto)

Num tacho levei ao lume a couve flor, a abóbora e a cebola. Depois de cozinhar, escorri (mas reservei alguma da água). Transformei em puré e acertei a consistência com a água reservada.

Entretanto, programei o forno nos 190 graus.

Numa taça misturei o grão-de-bico com 1 colher de chá de azeite, os orégãos, a noz moscada e a curcuma. Levei ao forno num tabuleiro forrado com papel vegetal, cerca de 15 minutos (ou até o grão tostar e ficar crocante).

Servi o creme de couve-flor com o grão, o restante azeite e salsa picada.

ResponderEncaminhar

Booooooooom diiiiiiiiiiia!

Para os dias ensolarados e quentinhos que aí vêm, eu e a Luisinha deixamos esta sugestão: gomas sem corantes artificiais, sem açúcar adicionado e que se preparam rapidamente. É bem mais divertido com a ajuda dos mais pequenos. As opções são imensas! Preparámos 3 para servirem de inspiração. Enquanto foram para o frio, demos uns mergulhos e terminámos o vídeo na piscina.

Ah, vida boa!

Gomas coloridas (30 a 40 unidades)
Verdes

2g agar-agar

100ml água

1 colher de chá de matcha

q.b. stevia


Dissolvi o pó de matcha na água, adocei a gosto com stevia e levei ao lume. Depois de ferver cerca de 3 minutos, transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.


Cor de laranja

2g agar-agar

100 ml sumo de laranja

Dissolvi o agar-agar no sumo de laranja. Levei ao lume e deixei ferver cerca de 3 minutos. Transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.


Vermelho

2g agar-agar

100ml puré de morango

20ml água


Misturei todos os ingredientes, levei ao lume e deixei ferver cerca de3 minutos. Transferi para uma forma de silicone para gelo. Levei ao frigorífico e desenformei passado 1 hora.

Bom dia!

Vamos preparar biscoitos proteicos de cacau?

Aqui fica a receita.

Ingredientes:

1 copo de grão de bico cozido

1 colher de sopa de azeite ou óleo de coco

1 colher de sopa de fermento

2 ? de sopa de “mix panquecas” da minha linha

3 a 5 ? de sopa de bebida vegetal

1 ? de sopa (rasa) de cacau em pó

q.b. stevia

E mãos à obra!

Processei o grão de bico com os restantes ingredientes. Adocei com stevia. Pode adicionar frutos secos ou oleaginosos picados, a gosto.
Formei biscoitos com as mãos, que cozeram no forno, a 180 graus cerca de 15 minutos.

Simples não é? Vão fazer?

? Já sabem que podem encontrar o meu “mix” nos supermercados ou em www.entregamosemcasa.pt

E no Dia da Criança, é com os pequenotes que cozinhamos!
Introduzir alguns alimentos na rotina alimentar das crianças nem sempre é uma tarefa fácil. Se misturar o peixe e/ou os legumes, por exemplo, em receitas divertidas, preparadas com elas e, tudo corre melhor.

Já é hábito cozinhar com os meus sobrinhos, hoje eu e a Luisinha propomos estas empadas de bacalhau Riberalves e legumes, em que a massa é da responsabilidade dos mais novos!

Ingredientes (6 unidades)

250g lombo de bacalhau Riberalves

135g farinha de aveia

15g linhaça triturada

1 pitada de noz moscada

50ml água

3 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de vinagre

1 tomate picado

1 cenoura ralada

1/2 cebola picada

1 dente de alho picado

1 colher de sopa de polpa de tomate

1 folha de louro


Descongelei o bacalhau, tirei a pele e as espinhas e  desfiei-o.

Levei ao lume uma colher de sopa de azeite com a cebola, o alho e a folha de louro. Quando a cebola ficou translúcida, juntei o tomate e a cenoura. Deixei cozinhar alguns minutos e adicionei o bacalhau e a polpa de tomate. Depois, cozinhou em lume brando até todo o líquido evaporar, rejeitei a folha de louro e deixei arrefecer.

Programei o forno a 180 graus.

Misturei a farinha com a linhaça, duas colheres de sopa de azeite, uma pitada de noz moscada e a água. Amassei ligeiramente e juntei o vinagre. Depois, a Luísa amassou até a massa ficar lisa e maleável e se descolar das mãos (pode ter que juntar mais farinha ou mais água). Estendemos a massa com um rolo e forramos forminhas.

Coloquei uma colher de sopa de recheio de bacalhau em cada uma e cobri com massa, formando empadas que levei ao forno cerca de 40 minutos (ou até a massa estar cozinhada e dourada).

Pode servir morno ou frio.

E não se esqueça que se habitar no distrito de Lisboa ou na margem sul, entregam o bacalhau em sua casa! Saiba mais AQUI.