E porque apareço desta vez com um tacho de arroz de grelos e feijão? – perguntam vocês.

E eu respondo, claro: porque a mãe Bravo o preparou para me mimar.

Pedi-lhe a receita e eis a sua explicação (sem quantidades, como sempre, mas com muuuuuuuuuuuito amor).

Num tacho coloca-se azeite e cebola picada e mantém-se em lume brando até que fique ligeiramente translúcida. Nessa altura entra o arroz, acrescenta-se a água – “1 medida de arroz para 3 de água mas depende no gosto de cada um minha filha” – e deixa-se cozinhar. Mais ou menos a meio da cozedura (foi assim que a mãe descreveu) juntam-se os grelos e já no final, o feijão (previamente cozido, claro). Até nisto temos sorte: a avó Bravo coze o seu feijãozinho bom na panela de pressão e divide em doses para congelação, que distribui entre todas as Bravas, filha e netas… E é tão bom! Com os grelos faz o mesmo. Há Bravas com sorte!

O que acham desta receita vegetariana, tão simples, tão nutritiva e tão boa?

Ana Bravo
Author

Nutricionista: amante do tipo de cozinha que procura aliar saúde aos melhores sabores; Mulher: apaixonada pela verdadeira beleza das coisas mais simples; Objectivo: ser feliz na medida do possível, gostar de mim todos os dias e ajudar quem me segue, nesse mesmo caminho.

Write A Comment