Tendo em atenção que mais do que 75% do sódio de que necessitamos existe nos próprios alimentos, apenas precisamos de adicionar uma pequena parte para completar as necessidades diárias do nosso organismo. Cuidado então com o sal que utiliza durante a confecção e como forma de temperos, para que não se ultrapasse a recomendação da Organização Mundial de Saúdede: 5g de sal por dia. No caso de preparar um prato de Bacalhau Riberalves , como o ensopado que hoje vos sugiro, não devem adicionar, uma vez que este é previamente demolhado no ponto de sal ideal.

Deixo-vos a receita deste ENSOPADO DE BACALHAU COM PÃO DE CURCUMA!

1 lombo de bacalhau

1/2 cebola picada

2 dentes de alho laminados

2 🥄 de sopa de pimento verde em tiras

1 tomate picado

1 colher de sobremesa de polpa de tomate

1 folha de louro

3/4 chávena farinha de trigo

1/4 chávena farinha de arroz

1 🥄 de café de curcuma

1 🥄 de chá de fermento

1 🥄 de sobremesa de sementes de papoila

1 🥄 de sobremesa de azeite

1/3 chávena de leite (ou bebida vegetal)

Descongelei o bacalhau, tirei a pele e cortei em pedaços.
Coloquei o azeite ao lume com a cebola, o louro, o alho e o pimento. Mantendo em lume brando, quando a cebola ficou ligeiramente translúcida juntei a polpa de tomate e o tomate, seguido de uma chávena de água. Assim que levantou fervura adicionei o bacalhau e deixei cozinhar, com a tampa, cerca de 12 minutos (ou até estar a gosto – se for necessário deve acrescentar um pouco mais de água).
Entretanto, numa taça misturei as farinha, o fermento, a curcuma e as sementes de papoila. Depois juntei o azeite e o leite, aos poucos, até obter uma massa lisa e maleável que não se cola às mãos (pode usar um pouco mais de farinha ou de leite para acertar a textura). Dividi a massa em pedaços, estendi com um rolo e cozinhei-os de ambos os lados, numa frigideira antiaderente que já estava quente.
Servi o bacalhau, retirando a folha de louro, com o pão em pedaços.

Não se esqueçam: quem está no distrito de Lisboa ou na margem sul pode encomendar o bacalhau Riberalves e recebê-lo em casa. Veja AQUI.

Ana Bravo
Author

Nutricionista: amante do tipo de cozinha que procura aliar saúde aos melhores sabores; Mulher: apaixonada pela verdadeira beleza das coisas mais simples; Objectivo: ser feliz na medida do possível, gostar de mim todos os dias e ajudar quem me segue, nesse mesmo caminho.

1 Comment

  1. Avatar

    Olá Ana
    Após ver o direto com o Diogo, pensei “é desta que vou contactar a Ana para me ajudar”, já a sigo à algum tempo nas redes sociais e acho que é uma querida.
    Gostava de perder peso e estou com alguma dificuldade, à coisa de 5 anos perdi 11kg por vontade própria e fui perdendo progressivamente, faço uma alimentação basicamente à base de legumes e vegetais, nem sempre como carne e peixe,mas como quando apetece, assim como o arroz, batata, massa, os hidratos malandros, sei que fazem falta mas com penso com lentilhas, cucuz, grão, à cerca de um ano comecei a ganhar e a perder peso, nunca ia além de 5 kg, aliado a isso comecei a ficar com um perímetro abdominal que não faz inveja nenhuma ao Ronaldo 😁, sempre fui forte, mas na zona do rabiosque, nunca na barriga, nem mesmo depois de ter o meu filho.
    Adoro cozinhar e comer, tipo o Diogo, tudo o que vai para o prato vai bonitinho pois os olhos também comem.
    Bem já me alonguei muito e não quero chatear, tudo isto para dizer que, consultas online, já sei que dá, agora o que eu gostava mesmo de saber é, qual o valor das consultas para ver se está dentro das minhas possibilidades…
    Obrigada pela atenção
    Beijinhos ❤️🌹

Write A Comment